A interrogação no fim da frase

Pergunte

Vamos tomar banho? Não. Vamos jantar? Não. Quer comer arroz e feijão? Não.

O que esta acontecendo?

Quando perguntamos tudo aos nossos filhos, ao invés de orientá-los, abrimos a criança para se manter atendida no seu desejo e, obviamente, ela escolhe isso e nos responde um grande “não”.

Quando o “não” vem, entramos na argumentação do quanto tomar banho e jantar é importante e a criança, que está habituada a argumentar e com o objetivo de vencer, vem com tudo e, sem percebermos, o fato do banho acabou numa grande confusão.

Quando orientarmos as crianças e cuidarmos de onde fazemos isso, poderemos ocupar nosso lugar como pais e mães, nosso lugar respeitoso, mas também hierárquico, e a criança sentirá muito mais segurança nessa convivência. Experimente!

Com carinho

Dani

 

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Your email address will not be published.