Expectativas e frustrações

 

shutterstock_273155525 (1)Expectativa e frustração: palavras que caminham juntas em muitos momentos e, normalmente, não nos damos conta. Somos maravilhosos, fantásticos para planejar e decidir, não é mesmo? Colocamos foco e, quando fazemos isso, chegamos a ser teimosos com nossas vontades. Queremos de tal jeito, esperamos de tal forma e, quando fazemos isso, estamos preparando, muitas vezes, a frustração que virá logo a seguir.

Calma, explico: não estou falando que planejar a vida seja ruim. Estou falando que impor, controlar, querer do nosso jeito pode nos colocar numa grande armadilha chamada frustração. Sem percebermos, queremos algo de uma forma e, quando não dá certo por algum motivo, pronto. Tristeza, raiva, impaciência, tudo aparece. Culpamos o mundo, os outros, quando, na verdade, se tivéssemos olhado ao redor, talvez não tivéssemos agido assim.

Fluir

Ao fluir, ouvir, prestar atenção ao que há a nossa volta, às informações que recebemos a todo momento, podemos fluir junto com a vida, tomar decisões em parceria com a vida, não sozinhos, apesar da vida. Quando fazemos isso, as chances de nos frustrarmos caem drasticamente e o aprendizado envolvido é imenso. As crianças, como bem sabemos, aprendem conosco o tempo todo e, quando nos veem decidindo a vida apesar da vida, tem esse exemplo a seguir e suas decisões e frustrações seguem, assim como as nossas, nos mostrando o quanto há uma outra forma de se viver: em parceria, em harmonia, fluindo, vivo, estando lá, de coração aberto.

Vamos?

Com muito carinho!

Dani

 

 

 

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Your email address will not be published.