Empatia pra dizer o não

shutterstock_52687903Para dizermos o “não”, muitas vezes, começamos uma grande briga, uma grande confusão. Isso se arrasta por um tempo e vamos juntos com as crianças entrando numa grande dificuldade de comunicação. Quando entramos na empatia com o desejo que se apresenta, normalmente dizer o “não” se torna algo mais fácil para ser dito e também para ser ouvido. Isso acontece porque cuidamos melhor de como dizemos esse “não”. As crianças ainda estão aprendendo a ouvir “não” e, ao termos empatia com esse processo, podemos ir para um lugar de acolhimento para olharmos para esse momento.

Reconhecer o desejo é um passo de reconhecimento que legitima o desejo e o “não” que vem em seguida pode ser melhor compreendido. Saímos do embate, cuidamos de onde dizemos os “nãos”, acolhemos e podemos caminhar de maneira mais amorosa e respeitosa. É nesse colo que a criança terá melhor condição de aprender a frustração, sustentar o não. Assim poderemos compartilhar e aprender juntos, dia após dia.

Com carinho

Dani.

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Your email address will not be published.