Como ajudar meu filho nos estudos

Como ajudar meu filho nos estudos
Como ajudar meu filho nos estudos

 

Como ajudar meu filho nos estudos – A psicopedagoga tem o papel fundamental de auxiliar crianças em seu processo de aprendizagem. A profissional conhece a criança, sua família, e monta uma bela parceria com sua escola. Depois disso , conhece o processo de aprendizagem da criança e localiza seus pontos a serem trabalhados. Atua principalmente na retomada da capacidade, retomada da crença da criança de que é capaz.

Junto com a família e escola propõe soluções para que as crianças possam superar os obstáculos e aprender com bons e possíveis desafios. Com auto estima sendo retomada e sendo garantida no processo de aprender , a capacidade de aprendizado está disponível e a vontade , a curiosidade perante o novo, também. A criança volta a viver seu processo de maneira produtiva e construtiva.

 Família, crianças e escolas

Nessa parceria, novas posturas, uma boa rotina de estudos, novos caminhos e interesses surgem e a criança é ator principal de sua caminhada. Percebe-se atuante , capaz e isso, faz toda a diferença para o aprender. Funciona como que um aprender a aprender. Família, crianças e escolas , todos alinhados em nome desse aprendiz. Em nome da alegria de aprender. Pais , mães e filhos alinhados , parceiros de jornada. É na presença dos pais , no apoio que faz crescer que essa criança se desenvolverá de maneira responsável e comprometida. Isso também é aprendido. Crescer faz bem, aprender faz bem e o comprometimento também faz muito bem. Assim , viver a escola passa a ser um processo natural que pede empenho e muita dedicação. Lugar especial, amostra do mundo de gente grande , experiência rica de vida. Deborah Longhi, exerce esse trabalho de forma magnifica, com muito amor e comprometimento. Ver ressurgir a crença na capacidade de aprender com certeza é a missão de vida dessa querida profissional . Obrigada pela parceria, que seja a primeira de muitas.

Com carinho e gratidão .

Dani

Participação especial da Psicopedagoga Deborah Longhi.

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Your email address will not be published.